19/08/10

¡Las 3 macaquitas!


Um presente para três irmãs com seus tiques nervosos característicos.

21/07/10

Segunda imagem para o Pequeno Livro Verde de Contos Cinzas.

O Matador de Máquinas Fumegantes parece ser um desses sujeitos de poucas palavras e mais atitudes. Vamos ver o que mais o senhor Puxador de Fios me contará de suas aventuras.

16/07/10

Festival Rice Paddy Art

Fica até engraçado duas postagens recentes sobre o Japão, mas como um admirador (pokémons e afins à parte) da cultura oriental, vez em quando algo sobre sempre chega ao meus olhos.
Não poderia deixar de falar disso aqui. Há algum tempo acontece no Japão o festival Rice Paddy Art. Algo como "arte em plantações de arroz" onde os fazendeiros usam seu talento e experiência há décadas para formar desenhos gigantes belíssimos nas plantações. O mais bacana é que cada cor desses desenhos é um tipo diferente de arroz plantado. Tudo natural!
As fotos abaixo são da edição 2010. Mais podem ser vistas aqui.

29/06/10

Primeira imagem para o Pequeno Livro Verde de Contos Cinzas.

Esse foi difícil de registrar, mas depois de dias tentando uma amizade baseada em pequenos pedaços de doces, consegui alguns poucos minutos de pose para o retrato.


Em breve, algumas histórias que me foram contadas pelo Puxador de Fios e alguns outros arruaceiros estarão disponíveis neste blog.

18/04/10

Katsushika Hokusai

A maioria das pessoas já viu pelo menos alguma vez na vida e em algum lugar qualquer "A Grande Onda de Kanagawa" de Hokusai. Uma das obras japonesas mais famosas aqui no ocidente. Pra muitos, como eu, o difícil é lembrar onde! Hoje em dia ela é tão popular que já foi estampada em pratos, camisetas, tatuagens, cerâmicas e até em muros com spray.

A Grande Onda de Kanagawa (Kanagawa-oki nami-ura)

Há pouco tempo atrás tive o privilégio de conhecer melhor o trabalho de Katsushika Hokusai, pintor japonês nascido no século XVIII. Sua obra é tão grande e sua paixão pelo desenho era tão igualmente imensa que mesmo perto de sua morte aos 80 e poucos anos sua produtividade era inspiradora.
Hokusai era pintor do estilo ukiyo-e. Para nós aqui no Brasil essa arte se equivale à xilogravura. Nessa técnica usavam-se vários blocos de madeira para se compor um desenho colorido. O artista entregava seu desenho feito com nanquim para um artesão que o talhava na madeira. O resultado eram trabalhos incríveis de paisagens que, estampadas em massa, acabaram ficando muito populares no Japão naquela época. Mais tarde se tornaram inspiração no ocidente influenciando artistas como Manet, Degas, Toulouse Lautrec e alguns tantos outros.

A Grande Onda de Kanagawa faz parte de uma série de obras incríveis de Hokusai, e as quais fiquei completamente apaixonado, chamadas "Trinta e Seis Vistas do Monte Fuji". Apesar do nome a série contém 46 gravuras (10 foram adicionadas após sua publicação por volta de 1830) de paisagens ao redor do monte Fuji em diferentes estações do ano.

Trinta e Seis Vistas do Monte Fuji (Fugaku Sanjū-Rokkei)

As Trinta e seis Vistas do Monte Fuji em sua série completa podem ser visualizadas aqui.

Para saber mais sobre Katsushika Hokusai e sua obra, uma boa leitura está no blog katsushika-hokusai.blogspot.com que, apesar de um tempo desatualizado, tem muita informação.